NOTÍCIAS

Jovem da cidade de Igarapé do Meio que fez comentário racista na internet diz sofrer de depressão

A jovem causou revolta na internet ao publicar vídeo dizendo ser feia, mas ao mesmo tempo ser feliz por não ser preta

Uma jovem identificada apenas como Kyvia, do povoado São Benedito, Zona Rural de Igarapé do Meio (MA), tentou justificar o racismo praticado por meio do seu Instagram, no dia 04 deste mês de outubro. A jovem causou revolta na internet ao publicar vídeo dizendo ser feia, mas ao mesmo tempo ser feliz por não ser preta. O ato racista foi publicado pela página local Diário de Igarapé do Meio (vídeo abaixo).

“Sou feia, mas pelo menos não sou preta. Porque não ser preta é menos um problema”, falou ela na gravação publicada no Stores da rede social Instagram. Após a repercussão negativa, ela excluiu o vídeo e privou o perfil. Desde então ela tem se pronunciado apenas através de amigos. Um destes amigos, em contato com a nossa redação, alegou que ela sofre de depressão há alguns anos.

“É uma tristeza, mas é uma adolescente ainda. Acho que ela tem a noção dessa palavra. Ela tem problema depressivo e vive se cortando. Vive em situação complicada. Mora sozinha, pois a mãe mora no estado do Goiás e ela mora aqui no interior sozinha”, disse o amigo.

Apesar da repercussão negativa, nenhuma autoridade da cidade de Igarapé do Meio se manifestou sobre o caso de racismo. Mas segundo apurou nossa redação, órgãos ligados a causa negra devem fazer uma representação contra a jovem.

Maxsuel Bruno

Mestrando em Comunicação Digital | Pós-graduado em Jornalismo Esportivo | Narrador do canal Planeta Esportivo | Especialista em Assessoria de Imprensa | Radialista | Teólogo | Locutor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo