NOTÍCIAS

Escola do bairro João de Deus se recusa a matricular jovem de 15 anos por ele ter dificuldade de leitura e escrita

Reformada duas vezes nos últimos anos, a escola Maria José Vaz dos Santos alega não ter condições necessárias para educar o jovem. Na prática, a escola não tem competência para ensinar a ler nem escrever

A escola Maria José Vaz dos Santos, que deveria ser referência em educação no complexo de bairros do João de Deus, está sendo acusada de se recusar a matricular um morador do bairro Vila Conceição/João de Deus, por ele ter dificuldade em ler e escrever, como se lá não fosse o lugar adequado para ele ter o domínio das letras. Por ética, vamos preservar as identidades da denunciante e do jovem nesta matéria.

De acordo com uma denúncia anônima que o site BMAX recebeu nesta terça-feira (29), a diretoria da escola, que já foi reformada duas vezes nos últimos anos e ainda não está adequada para receber os alunos, alega que a escola não pode receber ele, por não ter as condições necessárias para educar o jovem. Na prática, a escola não tem competência para ensinar a ler e escrever.

O jovem que tem 15 anos de idade buscou o ingresso na escola para estudar e ter um futuro digno, mas não conseguiu. Após o episódio, ainda de acordo com a denúncia, o rapaz passou a ficar abalado psicologicamente, se sentindo inferior aos demais jovens de suas faixa etária de idade. Um caso extremamente revoltante, principalmente por estarmos em 2022, quando o acesso à educação teria que ser normal, sem restrições.

A Prefeitura de São Luís e as autoridades competentes precisam verificar a situação de negligência da escola que deveria dá exemplo de Educação. Não é de hoje que ela coleciona episódios bizarros como este. Em 2018, um aluno foi expulso da escola por ter uma deficiência. O motivo seria porque ele passava o tempo da aula desenhando, justamente porque a escola não tinha, e ainda não tem, uma Educação Especial para pessoas portadoras de necessidades especiais. Ambas as situação agravam completamente o Estatuto da Criança e do Adolescente. 

Maxsuel Bruno

Mestrando em Educação | Pós-graduado em Gestão Educacional | Pós-graduado em Jornalismo Esportivo | Narrador Esportivo | Radialista | Teólogo | Locutor

Um Comentário

  1. TA CERTO!
    Ele tem que ser matriculado na Escolha Chapeuzinho Vermelho ou escolas que tenha o jardim de infância onde se Aprendem a ler e escrever..
    Assim se aceitarem vão atrapalhar todo o processo ,ele nao aprenderá e não Absorverá nada.
    Não pode quebrar nem passar por cima dos Princípios, ele tem que Resipeitar os Processos..Só assim alcançará o Objetivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo