ESPORTE

Técnico do Bate Cana dirige time vestindo camisa do Flamengo e equipe pode perde 3 pontos para o DEC

Para esclarecer o caso, nossa reportagem conferiu o regulamento da competição e traz, com exclusividade para o leitor, qual realmente é a ideia do texto em questão

Apesar do Bate Cana vencer o DEC, na noite do último do domingo (16), pelo placar de 2 a 0, na Copa de Rua do bairro João de Deus, realizada no estádio Gaiolão, na Vila Conceição/João de Deus, o time pode perder seus três pontos, que em tese estavam garantidos.

Acontece que o técnico do Bate Cana dirigiu a equipe durante a partida vestindo a camisa do Clube de Regatas Flamengo (RJ), situação que pode ir de encontro com o Art. 16°, que proíbe atletas de vestirem camisas distintas do clube no qual pertencem, durante partida da Copa de Rua.

Para esclarecer o caso, nossa reportagem conferiu o regulamento da competição e traz, com exclusividade, para o leitor qual realmente é a ideia do texto em questão. Trata-se do Art. 16° do regulamento da competição. Nele o texto versa sobre a punição para os times em que atletas estejam trajando uniformes de outras equipes, sejam amadoras ou profissionais, durante as partidas. Para fazermos uma análise segura, vamos conferir o texto completo abaixo:

Art. 16° – O uniforme dos goleiros será obrigatoriamente diferenciado dos demais atletas. Caso o árbitro mande trocar poderá usar um colete diferente dos demais.

I – Não será permitido que um atleta individual use camisa, calção, meão com escudos ou distintivos de clube amador ou profissional, bem como seleções de países, mesmo sendo pintado por cima do emblema original. Caso haja desobediência o clube infrator perderá os pontos da partida, não precisando recorrer, mas tem que constar no relatório do árbitro ou mesário.

Após lido o Artigo, não precisa ser um magistrado para entender que a ideia que o texto traz é de que apenas atletas, devidamente registrados na competição, deveram está usando uniformes da equipe. O trecho não faz menção a técnico ou qualquer outro integrante da comissão técnica.

Apesar da polêmica que teve início após um vídeo do técnico com a camisa rubro-negra viralizar em grupos de WhatsApp, o Bate Cana não deve perder seus pontos, embora o fato possa está relatado na súmula do jogo, já que a situação foi observada desde o primeiro minuto do jogo. Uma reunião deve ser realizada na noite desta quarta-feira (18), na sede do DADJD, para deliberar sobre outros temas, mas inclusive e principalmente, o julgamento da questão. Agora é aguardar e ver o resumo da ópera.

Maxsuel Bruno

Radialista, narrador esportivo da BMAX Sports e Planeta Esportivo, blogueiro, teólogo, pós-graduado em Jornalismo Empresarial e Assessoria de Imprensa; e em Jornalismo Esportivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo