ESPORTE

Presidente do MAC diz que time não deve jogar novamente a semifinal do Campeonato Maranhense

Demolidor já disputou esta mesma fase da competição contra o Tuntum, que foi punido e deu lugar ao Moto Club

Carlos Eduardo Dias, presidente do Maranhão Atlético Clube, disse em vídeo, na noite desta quinta-feira (18), que o time não deve entrar em campo para disputar novamente a semifinal do Campeonato Maranhense. O MAC já disputou esta mesma fase da competição contra o Tuntum Esporte Clube, perdendo a primeira partida, mas vencendo a segunda nos pênaltis. Chegou até a disputar a primeira partida da final contra o Sampaio Corrêa (3 x 3), mas não valeu de nada. Todos os jogos da semifinal até a primeira da final, foram anulados.

Tudo isso porque o Leão dos Cocais foi punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por ter escalado um jogador de forma irregular na rodada de número 8, contra o próprio Maranhão. Com isso, o time perdeu 6 pontos e saiu da 4ª colocação, dando lugar ao Moto Club, que era 5º colocado.

A decisão do STJD fará que a FMF (Federação Maranhense de Futebol) realize uma nova semifinal, agora entre MAC e Moto. É justamente isso que o presidente não quer: voltar a jogar a mesma fase, contra um time de muita rivalidade, reeditando a final do campeonato de 2023, que o Demolidor acabou vencendo. Caso realmente não entre em campo, o Quadricolor perderá por W.O. e será punido com dois anos de suspensão da elite do Futebol Maranhense.

Entre os muitos argumentos, o mandatário justificou valores com viagem, hotel e concentração, gastos nas duas partidas diante do Tuntum. Dias acrescentou a essa fatura, valores de premiações já pagos para os jogadores pelas metas alcançadas de liderar o campeonato, chegar entre os quatro e depois entre os dois finalistas, carimbando presença na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro Série D de 2025.

Ainda neste sentido do financeiro, Carlos Eduardo disse esperar uma compensação para o clube pelos valores gastos, para poder pensar em jogar novamente. Apesar da posição dura, ele deve se manifestar mais uma vez após uma reunião com dirigentes do Moto e Sampaio , às 10h desta sexta-feira (19), na sede da FMF, no Centro de São Luís (MA).

Maxsuel Bruno

Mestrando em Educação Esportiva | Pós-graduado em Jornalismo Esportivo | Narrador do canal Planeta Esportivo | Especialista em Assessoria de Imprensa | Radialista | Teólogo | Locutor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo